Banco do Brasil antecipa abertura de agências para saques do PIS/Pasep

Compartilhe!

O Banco do Brasil antecipa em uma hora o horário de abertura de 1.334 agências em todo o país desde esta quinta-feira (19) até o dia 31 de outubro para atendimento exclusivo aos cotistas idosos do Pasep. Começa nesta quinta-feira (19) o pagamento dos recursos do PIS/Pasep para os cotistas com idade a partir de 70 anos.

Os estados de São Paulo (294), Minas Gerais (166) e Rio de Janeiro (102) lideram o número de agências do BB envolvidas na força-tarefa pelo fato de terem maior número de cotistas com direito a saque e melhor estrutura de atendimento.

A lista com as agências do Banco do Brasil que abrirão com uma hora de antecedência em relação ao horário regular pode ser conferida no site bb.com.br/pasep. Nas demais praças, as agências prestarão atendimento ao público-alvo durante o horário normal de expediente.

A Caixa informa que por enquanto não tem previsão de antecipar o horário de atendimento nas agências.

O pagamento do PIS/Pasep para os idosos obedece a um calendário. Neste primeiro lote, que abrange quem tem mais de 70 anos, o total de beneficiados é de 4,42 milhões - 3,6 milhões são cotistas do PIS e 820 mil são do Pasep. O valor total a ser pago para o grupo de idosos nessa faixa etária é de R$ 9,47 bilhões - R$ 6,71 bilhões do PIS e R$ 2,76 bilhões do Pasep.

Ao todo, o governo vai liberar um montante de R$ 15,9 bilhões para 8 milhões de idosos com direito ao saque do PIS-Pasep. É pouco mais de um terço do volume liberado nos saques do FGTS inativo entre março e julho, que totalizaram R$ 44 bilhões.

Este primeiro lote, entretanto, abrange mais da metade dos beneficiados. O próximo será liberado a partir de 17 de novembro para aposentados em geral. O último lote será pago a partir de 14 de dezembro para mulheres com 62 anos ou mais e homens com 65 anos ou mais.

Quem tem direito

As contas do PIS, vinculadas aos trabalhadores do setor privado, são administradas pela Caixa Econômica Federal e correspondem a 80% (6,4 milhões de pessoas) do total de cotistas e 70% (R$ 11,2 bilhões) do total a ser pago.

Já as contas do Pasep, vinculadas aos servidores públicos, são administradas pelo Banco do Brasil e correspondem a 20% (1,6 milhão de pessoas) do total de cotistas e 30% (R$ 4,7 bilhões) do total a ser pago.

Os recursos liberados são para trabalhadores de organizações públicas e privadas que contribuíram para o Pasep ou para o PIS até 4 de outubro de 1988 e que não tenham resgatado todo o saldo. Quem passou a contribuir após essa data não possui saldos para resgate.

Não há data-limite para que os recursos sejam sacados. Ou seja, a partir das datas informadas, o dinheiro estará disponível para o beneficiário e poderá ser retirado no momento em que ele achar mais conveniente.

Correntistas recebem primeiro

Na terça-feira (17), os correntistas do primeiro lote da Caixa Econômica e do Banco do Brasil receberam o dinheiro em crédito automático. No caso da Caixa, foram 193,9 mil pessoas, com saldo total de R$ 148,3 milhões. Entre os cotistas do Pasep, foram contempladas 50,3 mil pessoas, somando R$ 89,74 milhões.

Assim como neste primeiro lote, os correntistas terão o dinheiro depositado automaticamente dois dias antes do início do calendário de pagamento nos próximos dois lotes.

Data: 
sexta-feira, Outubro 20, 2017 - 09:45
Compartilhe!

Comentários