Efraim revela conversas para 2018 e confirma convite para Veneziano

Compartilhe!

Efraim revela conversas para 2018 e confirma convite para Veneziano

22/10/2017 às 18h37 • atualizado em 22/10/2017 às 18h43

 

O presidente estadual do Democratas, o secretário de governo e ex-senador, Efraim Morais, conversou com exclusividade com o Portal MaisPB e fez algumas revelações. Morais confirmou que o partido está em tratativas visando 2018, tanto na chapa proporcional quanto na majoritária, e confirmou convite ao deputado federal Veneziano Vital do Rego (PMDB) para ingressar na legenda.

O secretário revelou que está em entendimentos, e também tem observando as novas lideranças, o intuito é, ao final do processo, averiguar o tamanho dos partidos nas disputas proporcionais e majoritárias. “Nós temos que compor primeiro o partido para depois pensar em discutir co-posições”, contou.

Para isto, o presidente tem mantido conversações com lideranças. “Na política não se pode deixar de estar conversando. Estamos fazendo algumas avaliações para definir o que o partido pretende disputar em 2018”, informou. Apesar de admitir conversas, Morais prefere uma atitude mais reservada e descarta eventos para novas filiações. “Nós fazemos as filiações naturalmente sem muita divulgação. Por enquanto, é montar o partido com paciência. Evidentemente, buscando bons nomes para recompor a legenda”, argumenta.

Questionado se pretende disputar algum cargo eletivo, o secretario, mais uma vez, preferiu deixar em aberto. “Tudo isso é decisão para o próximo ano. Pelo quadro político que vai ser traçado em nível nacional e estadual é que vamos pensar se voltaremos ou não a disputar novas eleições”.

Veneziano

Sobre se tem conversado com o deputado federal Veneziano Vital do Rego (PMDB) visando uma possível ida do parlamentar para o DEM, Morais confirmou o convite.

“Com certeza gostaríamos de tê-lo como um dos quadros. Há algum tempo, quando Veneziano demonstrou insatisfação com o PMDB, o deputado Efraim Filho e eu fizemos o convite ao deputado para ingressar na legenda, mas não houve avanço, posso garantir que não houve avanço”, pontuou.

Questionado sobre o por quê das conversas não terem avançado, Morais saiu-se: “Parece-me que o deputado pretende presidir um partido aqui na Paraíba”.

Paulo Dantas e Roberto Targino – MaisPB

Data: 
domingo, Outubro 22, 2017 - 23:00
Compartilhe!

Comentários