Em jogo movimentado, Botafogo e Coritiba empatam no Rio

Compartilhe!

Em jogo movimentado, Botafogo e Coritiba empatam no Rio

 

Gazeta Press - Rio de Janeiro, Rj

Botafogo e Coritiba fizeram um jogo bastante movimentado na manhã deste domingo no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. No final deu empate em 2 a 2 com Kleber e Henrique Almeida marcando de pênalti para os visitantes, e Roger e Carli descontando para o Alvinegro.

O resultado mantém o Coritiba nas primeiras posições, com 13 pontos, enquanto o Botafogo continua pelo meio da tabela com oito.

O Botafogo volta a campo na quarta-feira, no início da sétima rodada do Brasileirão. Desta vez o Alvinegro jogará fora de casa, diante do Vitória, no Barradão. Já o Coritiba só joga na quinta, quando recebe o Bahia no Couto Pereira.

O Jogo – O Coritiba começou marcando a saída de bola do Botafogo, e dificultando a transição para o ataque da equipe carioca. A pressão não demorou a dar resultado: aos 5 minutos, William Matheus cruzou da esquerda, Rildo tentou de cabeça e Kleber mandou de primeira por cima do gol Alvinegro.

Dois minutos depois, Rildo recebeu na área pela esquerda e Joel Carli vem com tudo pra cima do atacante e o derruba. Pênalti que Kleber cobrou rasteiro no canto direito e abriu o placar no Engenhão.

Partida foi bem equilibrada no Nilton Santos (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

O Coritiba continuou mais incisivo, e aos 12 Gilson mandou um balaço de fora da área. A bola foi no ângulo direito e Gatito voou para salvar o Bota, que tentou responder com um chute de longe de João Paulo.

O Bota foi aos poucos conseguindo se impor, e a manter mais a posse de bola, enquanto o Coritiba perdeu o ímpeto inicial e recuou a marcação. O jogo ficou mais equilibrado e o Alvinegro passou a ser mais incisivo.

Aos 18, João Paulo cobrou escanteio pela direita e levantou na área. Roger tentou o cabeceio e a bola pingou na pequena área e Wilson se adiantou para tirar da cabeça de  Igor Rabello.

O Coxa respondeu aos 20. Tiago Real levanta na área procurando Rildo e a bola vai direto para o gol. Gatito se esticou e tocou para escanteio.

Na resposta Alvinegra, veio o empate. Pimpão foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou. João Paulo tocou de cabeça e Roger, na pequena área, desviou para o gol.

O Botafogo voltou a ameaçar a meta de Wilson aos 37. João paulo cobrou falta da lateral da área pela direita e Roger cabeceou. A bola passou raspando no travessão e foi pela linha de fundo.

Roger quase marca mais uma vez aos 40. Ele recebeu de Pimpão na frente da meia lua da área e soltou a bomba de direita. Wilson tirou com a ponta dos dedos e salvou o Coritiba.

As duas equipes voltaram sem alterações para o segundo tempo, e o Botafogo estava melhor na partida, mas aos oito minutos, novo lance que mudaria o panorama. Rildo penetrou na área pela esquerda e, mais uma vez, Carli chega de mau jeito e atropela o atacante do Coxa. Pênalti, que o ex-botafoguense Henrique Almeida cobrou e colocou a equipe paranaense em vantagem.

Jair Ventura resolveu mexer na equipe e tirou Matheus Fernandes para a entrada do argentino Montillo. O Bota partiu em busca do empate.

Aos 20, João Paulo cobrou falta e tentou Carli na área. A zaga do Coritiba falhou, o zagueiro ficou com a bola e mandou para o fundo da rede de Wilson, se redimindo dos dois pênaltis cometidos.

Com 2 a 2 no placar, o jogo ficou mais aberto e as duas equipes buscavam a vitória. Gatito e Wilson se destacaram com grandes defesas nos minutos finais.

Aos 22, Henrique Almeida chutou com muita foça da entrada da área e Gatito espalmou para fora, em grande defesa.

Dois minutos depois, Montillo enfiou para Bruno Silva na direita da área e o volante cruzou. Com Wilson já batido no lance, Roger, que já tinha passado da bola, tentou puxar de calcanhar mas errou com o gol vazio.

Aos 31, a chance do jogo. Roger enfiou pelo meio para Montillo. O argentino entrou livre na área e tocou no canto de Wilson, mas o goleiro fez defesa sensacional e salvou o que seria o gol da vitória.

O jogo caiu de rendimento no final, mas Montillo ainda teve mais uma chance aos 46, mas novamente Wilson voou e evitou o gol.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO-RJ 2 X 2 CORITIBA-PR

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 11 de junho de 2017 (Domingo)
Horário: 11h(de Brasília)
Renda: R$ 427.715,00
Público: 14.866 pagantes (17.537 presentes)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
Cartões Amarelos: Bruno Silva, João Paulo, Gilson, Renan Gorne (Bota); William Matheus, Kleber, Henrique Almeida (Coritiba)
Gols:
BOTAFOGO: Roger, aos 22 min do 1º tempo; Joel Carli, aos 20 min do 2º tempo
CORITIBA: Kleber, aos 7 min do 1º tempo; Henrique Almeida, aos 9 min do 2º tempo

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Gilson; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva (Wenderson), Matheus Fernandes (Montillo) e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger (Renan Gorne)
Técnico: Jair Ventura

CORITIBA: Wilson, Dodô, Werley, Márcio e William Matheus; Alan Santos, Jonas e Tiago Real; Rildo (Iago), Henrique Almeida (Edinho) e Kleber Gladiador (Alecsandro)
Técnico: Pachequinho

Data: 
domingo, Junho 11, 2017 - 21:15
Compartilhe!

Comentários