Filiados à FPF entram com pedido para banir Nosman Barreiro do futebol

Compartilhe!

Filiados à FPF entram com pedido para banir Nosman Barreiro do futebol

Da Redação / 11 de junho de 2017

Foto: Reprodução/FPF

 

 

A briga entre o presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues, contra o vice Nosman Barreiro acaba de ganhar um novo capítulo. Os presidentes de clubes profissionais e não-profissionais, além das ligas desportivas, assinaram um documento, que foi encaminhado à CBF, pedindo o banimento do vice-presidente. A ação se deu por causa do episódio onde Nosman tentou assumir a cadeira de presidente da entidade, na ausência do presidente (que estava na França).

Ao todo, 52 representantes assinaram o documento, entre os clubes profissionais, destaque para o Trio de Ferro da Paraíba (Botafogo, Campinense e Treze). O Centro Sportivo Paraibano (CSP) foi o único da Primeira Divisão que não assinou.

Em nota, a assessoria de comunicação da Federação Paraibana de Futebol garantiu que a mesma ação que foi para a CBF, também será protocolada no Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB).

Relembre o caso

No dia 1º de junho, enquanto Amadeu chefiava a delegação da Seleção Brasileira Sub-20 no Torneio de Toulon, na França, o vice-presidente Nosman Barreiro foi até a sede da FPF, dizendo que através de um ato administrativo iria assumir o comando da entidade. Inclusive, ele invadiu a sala da presidência com a ajuda de um chaveiro, para consolidar o ato.

Amadeu já havia passado o comando da Federação para o diretor jurídico da entidade, Marcos Souto Maior Filho, por meio de uma procuração, o que, segundo o artigo 40 do estatuto da FPF, é legal, pois garante que qualquer pessoa indicada pela entidade pode presidi-la por até um ano, entretanto no artigo 35 o estatuto diz que o vice é quem assume a presidência enquanto o presidente estiver ausente.

 

PatosTV com correiodaparaiba.com.br

Data: 
domingo, Junho 11, 2017 - 19:45
Compartilhe!

Comentários