Logo após a reunião que definiu que o PSDB não vai abandonar o governo Temer

Compartilhe!

Logo após a reunião que definiu que o PSDB não vai abandonar o governo Temer

Logo após a reunião que definiu que o PSDB não vai abandonar o governo Temer, o presidente do partido defendeu recorrer da decisão que absolveu a chapa Dilma-Temer. "Com certeza existe uma incoerência nisso. Mas é a incoerência que a história nos colocou", afirmou Tasso Jereissati.


O presidente interino da sigla também afirmou que os tucanos não 'têm a menor dúvida' que houve corrupção nas eleições de 2014;
Miguel Reale Júnior, autor do pedido de impeachment de Dilma, anunciou saída do partido após a decisão dos caciques de ficar ao lado de Temer
Eleições diretas
Deputados se reúnem na CCJ para sessão com pauta única: debater a PEC que estabelece eleições diretas em caso de vacância da presidência da República até 6 meses antes do fim do mandato.

Fonte: G1
.

Data: 
terça-feira, Junho 13, 2017 - 08:00
Compartilhe!

Comentários