Prefeitura de São José de Espinharas conclui corte de terra para mais de 550 agricultores

Compartilhe!

Prefeitura de São José de Espinharas conclui corte de terra para mais de 550 agricultores

 

 

 

A Prefeitura de São José de Espinharas, concluiu todos os cortes de terras da zona rural do município nesta quarta-feira (22), segundo o secretário de Agricultura, Renan Dantas, o trabalho foi iniciado durante o mês Janeiro, com tratores equipados, pertencentes ao município.
 
O secretário falou que o trabalho foi realizado em todas as comunidades da zona rural, sem nenhum tipo de distinção partidária, atendendo as determinações do prefeito Neto Gomes, que solicitou total atenção ao homem do campo, independente de quem eles votaram. Os serviços de corte de terra foram executados com recursos próprios e atendeu a todos os pedidos e demandas das comunidades, beneficiando mais de 550 agricultores.

“Eu não votei em Neto nas últimas eleições, por isso não imaginava que o prefeito me daria o corte de terras, ele esteve aqui pessoalmente no dia do trabalho, quando terminou, eu me aproximei e perguntei quanto eu devia, ele me olhou e estendeu a mão, e disse: Se o senhor quiser apertar a minha mão, já serei muito bem pago, coso não queira, também fico satisfeito em saber que pude contribuir para melhorar a vida de sua família. Isso foi uma grande surpresa, me deixou muito emocionado, daqui pra frente, eu e minha família estaremos com ele, não tenho como deixar de acompanhar um prefeito deste, declarou um morador de um assentamento. 

Renan Dantas afirmou que o governo atual cortou terras como nenhum outro tinha feito antes.

“Podemos assegurar que nunca na história administrativa da cidade, tantos agricultores foram contemplados com uma ação deste nível, o que vai contribuir muito para o desenvolvimento das atividades rurais em São José, mesmo enfrentando uma grande crise econômica, a prefeitura se antecipou e preparou o agricultor para receber as chuvas”, disse Renan.

O prefeito destacou que a ação tem sido para todos, que não faz distinção política e foi eleito para atender toda a população. 
“Não deixamos de atender nenhum agricultor por questões políticas. Nossa ação tem sido direcionada para todos, pois fui eleito para governar o meu povo, e não vou admitir perseguições durante minha gestão.” Concluiu Neto.

Fonte: Lúcio Cézar

PatosTV.com

Data: 
domingo, Março 26, 2017 - 11:00
Compartilhe!

Comentários