Secretária de Cajazeiras defende eletrochoque em esquizofrênicos

Compartilhe!

Secretária de Cajazeiras defende eletrochoque em esquizofrênicos

A secretária de Saúde e primeira dama de Cajazeiras, Paula Francinete, defendeu o uso de eletrochoque no tratamento de pacientes esquizofrênicos no município. Ela sustenta que o método deve ser utilizado em pacientes que possuem esquizofrenia refratária, ou seja, quando não apresentam resposta aos medicamentos aplicados.

Para reforçar seu argumento, ela afirma ter um parente com o mesmo quadro de esquizofrenia.

“Tem um núcleo tão resistente que a medicação não passa. Você tem que fazer um tratamento de 20, 30 anos atrás, que é o eletrochoque”, afirma.

Ouça:

Fonte: MaisPB

Data: 
sexta-feira, Junho 9, 2017 - 16:45
Compartilhe!

Comentários