Servidores ameaçam greve, mas Estado não estuda reajuste

Compartilhe!

Servidores ameaçam greve, mas Estado não estuda reajuste

centro-administrativo-estadual-foto-antonio-david-71

 

O Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras (Sintac) da Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac) divulgou nota a imprensa, nesta segunda-feira (11), informando que nesta quarta-feira (13) realizará paralisação de advertência em protesto contra a falta de informações do Governo do Estado sobre o reajuste do funcionalismo estadual, já que a data-base de todas as categorias estaduais é o mês de janeiro.

Apesar das articulações do funcionalismo, a secretária estadual da Administração, Livânia Farias, afirmou que o Governo ainda não estuda o percentual de reajuste que dará aos servidores. Ela esclareceu que a equipe econômica esta analisando o impacto da crise financeira na Paraíba.

Ontem, as entidades do Fórum dos Servidores da Paraíba protocolaram solicitação de audiência com o governador Ricardo Coutinho (PSB) para discutir o reajuste das categorias, em face da data-base. As entidades salientam que as perdas salariais ultrapassam os 30% e isso vem gerando desestímulo entre os servidores e queda na qualidade dos serviços prestados à sociedade.

Em reunião, os servidores avaliaram os números das finanças do Estado que desmistificam o discurso do governo acerca da falta de recursos.

MaisPB

Data: 
quarta-feira, Janeiro 13, 2016 - 09:30
Compartilhe!

Comentários