Situação e Oposição de Mãe d’Água realizam convenção conjunta

Compartilhe!

Situação e Oposição de Mãe d’Água realizam convenção conjunta

Candidaturas a prefeito, vice e de vereadores ficaram definidas

 

O Ginásio Poliesportivo Antonio Soares - O Totão - da cidade de Mãe d’Água-PB, foi palco de um evento histórico realizado na tarde deste sábado (23) onde reuniu antigos adversários políticos durante a convenção conjunta dos partidos PMDB, PSD, PP, DEM e PPS.

Bicudos e Bacurais, assim denominados os partidaristas do PMDB e os do grupo Tota, representados pelos demais partidos na convenção deste sábado, e que há mais 40 anos se mantinha no poder, agora estão unidos em torno de uma só candidatura na disputa pela vaga de chefe do Poder Executivo Municipal, hoje ocupada pela prefeita Margarida Fragoso (PPS), encabeçada pelo comerciante Cirino Nunes (PMDB), e pelo ex prefeito Junior Tota (PP), prefeito e vice, respectivamente, na chapa “Unidos por Mãe d’Àgua”.

 

“Não confunda derrota com fracasso nem vitórias com sucesso. Na vida de um campeão sempre haverá algumas derrotas, assim como na vida de um perdedor sempre haverá vitórias. A diferença é que, enquanto os campeões crescem na s derrotas, os perdedores se acomodam nas vitórias”. Foi com esse trecho de um dos livros do escritor e empresário brasileiro Roberto Shiniyashikin, que Cirino Silva iniciou seu pronunciamento, ressaltando a importância dessa união das maiores forças políticas do município. Ainda durante sua fala, ele não escondeu o desejo de ser prefeito da cidade e se comprometeu, se eleito, “Servir, e não me servir do cargo”, garantiu.

 

Já o ex prefeito Junior Tota (PP), aproveitou para lembrar o importante trabalho que a família Tota realizou ao longo dos últimos 40 anos, mas reconheceu que a população precisava conhecer novas iniciativas administrativas. “Não estamos tentando retirar de nossas mão a responsabilidade que assumimos ao longo de todos esses anos, nem tampouco desmerecendo a confiança depositada em nós. Estamos sim, buscando novos e melhores caminhos para a população. Sem embates mais acirrados que possam levar a um desfecho infeliz”, justificou o ex prefeito de Mãe d’Água. “Tenho convicção de que a união das forças políticas de Mãe d’Água será benéfica pra todos. Não cabe a nós julgarmos uns aos outros sem sabermos o que cada um leva em seu coração. Que as famílias permaneçam unidas e que Mãe d’Água continue prosperando”, desejou o ex prefeito reconhecido pelo TCE – Tribunal de Constas do Estado, com prefeito nota 10. Em 2011, das 271 contas de prefeitos paraibanos analisadas pela corte paraibana, apenas três foram aprovadas com louvor. Rubens ‘Buba’ Germano (Picuí - PSDB), Péricles Viana de Oliveira (Mãe D’Água - PP) e João Madruga (Mataraca - PMDB).

 

A convenção conjunta, que teve início às 16h:00min e encerrou com um tradicional forró pé de serra, animado por Gustavinho e Forró do Precateado, foi prestigiada por um grande número de correligionários das legendas situacionistas e oposicionistas, que juntos comemoraram a união dos dois mais importantes grupos políticos da cidade.

Além dos protagonistas da festa, Cirino Nunes e Junior Tota, o evento foi prestigiado por diversas lideranças políticas do município e até do estado, a exemplo do deputado estadual Nabor Wanderley (PMDB), que durante pronunciamento comemorou a união de forças dos grupos políticos historicamente adversários, e se comprometeu em estreitar essa união com o governador do estado da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), de cuja base sustentação faz parte. “O governador já trouxe para esse município inúmeras ações, dentre as quais a que considero a mais importante que foi a construção da pavimentação asfáltica do trecho de 21 quilômetros da PB-276 que liga essa cidade ao vizinho município de São José do Bonfim”, lembrou o parlamentar paraibano. “Nossa luta agora é pela construção da adutora que vai trazer água do açude capoeira, localizado no também vizinho município de Stª Terezina, até as comunidades de Mãe d’Água e dos distritos de Santa Maria Gorete e Vila Capoeira”, finalizou.

De acordo com o médico Dr. Jucélio Pereira, casado com a maedaguense e pediatra Drª Iris Nunes Pereira, um dos responsáveis pela construção dessa aliança, firmada também com o apoio do ex prefeito e médico Dr. José Tota, ex secretário de estado da saúde, essa união da situação com a oposição deve revelar uma nova realidade para os munícipes. “O nosso tempo não é o de Deus. Ele sabe qual o melhor tempo pra todos, e estamos hoje vivenciado esse momento especial em que todos dão as mãos em defesa do melhor para Mãe d’Água, independente de cores partidárias”, comemorou Jucélio Pereira. Ele disse ainda que espera que o município continue, através do deputado Nabor Wandreley (PMDB), recebendo o apoio do governador Ricardo Coutinho. “Aqui na verdade, o PMDB não pode acompanhar o Ricardo porque a prefeita Margarida Tota já o apoiava, mas daqui pra frente somos um único partido chamado Mãe d’Água e toda ajuda, seja do estado ou da União, será sempre bem vindo”, finalizou o médico Pereira.

Ao final do evento, durante entrevista concedida pela prefeita do município, Margarida Tota (PPS), ela se disse satisfeita com a união de forças. “Ao longo dos últimos 40 anos administramos essa cidade com a marca Antonio Tota (In memorian), considerado por todos como o maior administrador de todos os tempos e reconhecido nacionalmente. Porém, admito que chegou o momento de outras pessoas terem a oportunidade de também contribuir com o progresso do nosso município, e tenho certeza que Cirino, ao lado de Junior Tota, que já tem experiência administrativa, e toda sua equipe, vão dar o melhor”, finalizou.

 

 

 

por Célio Martinez - Patostv.com

Data: 
segunda-feira, Julho 25, 2016 - 12:00
Compartilhe!

Comentários