VEJA VÍDEO: Mestre Virgilio Trindade em 1994

Compartilhe!
Veja o Vídeo!: 

Virgílio Trindade morreu no fim da tarde da terça-feira, 24 de março de 2009, e até hoje seu nome é lembrado como o jornalista mais ótico e imparcial que já passou pela imprensa de Patos. Nessa quinta-feira serão dois anos de ausência e saudades.

Quando se fala em Virgílio Trindade o leitor se lembra de política, de educação, de rádio, de futebol, de samba. Era um homem eclético que encontrava tempo para cantar e compor, comentar futebol e política, ser professor e jogador de xadrez, escritor, economista e contador. Foi vereador e vice-prefeito de Patos e publicou dois livros, ambos de crônicas: "Relíquias" e "O Amigo Z Gomes.

Casado com uma prima legítima, Dona Maria José, Virgílio Trindade teve dois filhos, Ely e Roberta Trindade, e era, para com netos, um autêntico vovô coruja.

Era conhecido pelo jeito áspero de ser, mas extremamente sincero e honesto em suas opiniões e em suas atitudes, tanto que até hoje é lembrado como um exemplo a ser imitado.

Na Rádio Espinharas Virgílio Trindade apresentava o programa "Radar" pela manhã, onde comentava os fatos políticos de Patos e região, e era campeão de audiência. Com a sua morte o jornalista Marcos Oliveira assumiu o programa "Radar".

No próximo domingo, dia 27 de março, acontecerá a missa de segundo aniversário em sua memória, que será realizada às 9 horas, na Catedral Nossa Senhora Da Guia, em Patos.

Será lançado em breve em Patos um encarte com depoimentos e fotos sobre a vida e a obra do mestre Virgílio Trindade. O encarte trará depoimentos de amigos e admiradores de Virgílio Trindade, como Damião Lucena, Zé Mota, Edileudo Lucena, familiares, Misael Nóbrega, Ivânio e Raniere Ramalho, Francisca Motta, dentre outros.

Wandecy Medeiros ? blogdopenetra.blogspot.com

Data: 
quinta-feira, Setembro 25, 2014 - 17:15
Compartilhe!

Comentários