Video: Troca de tiros entre gangues assusta população; polícia militar age rápido, prende acusados, apreende armas e drogas.

Compartilhe!

Os acusados tentaram fugir e ainda atiraram contra os policiais. Na troca de tiros, um acusado terminou baleado na perna. Fotos

Duas gangues rivais se enfrentaram na noite desta segunda-feira (14) na cidade de Sousa. A troca de tiros aconteceu nos bairros Mutirão e Jardim Brasília e causou terror aos moradores da localidade.

Assustados com a cena, populares acionaram a polícia militar através do número de emergência 190. Viaturas se deslocaram até o local e os acusados trocaram tiros com a Polícia Militar, nas proximidades do Mutirão, e depois se esconderam em uma casa. Eles tentaram fugir e ainda atiraram contra os policiais. Na troca de tiros, um acusado terminou baleado na perna.

A ação policial contou com participação das guarnições da Força Tática, CPU, ROTAM e Rádio Patrulha e BOPE.

Acusados presos
A polícia militar divulgou os nomes dos acusados: José Ailton Da Silva; Carlos Antônio Silva;  Adailton Firmino;  Damião Ferreira De Lima e Roberto Silva.

Material apreendido

Ainda segundo a polícia militar, com acusados foram apreendidos os seguintes objetos: uma pistola calibre .40, um revólver cal. 38, uma espingarda Calibre 12, quatro cartuchos de calibre 12, Um estojo de calibre 12; Seis munições de calibre 38; Dez munições de calibre .40; Doze papelotes de maconha; Tablete prensado de maconha; Dois carregadores de HT; Quatro celulares; Quatro facas; uma motocicleta Honda Bros, cor vermelha, placa NQC 5750; uma motocicleta Honda Titan preta, placa OFG 8489 e Uma bicicleta.

O major Jurandy Pereira, comandante do 14° Batalhão de Polícia Militar, prestou entrevista exclusiva à reportagem do Portal e TV Online Diário do Sertão e contou detalhes da operação policial que conseguiu prender os criminosos.

"Se aproximamos da residência, eles tentaram fugir, mas conseguimos cercar a casa e realizar a prisão dos cinco acusados, além de apreender armas de fogo e droga.

Rádio Comunicador
No local, os militares também encontraram dois carregadores de rádio comunicadores (HT) que são usados pela polícia militar e outros órgãos de segurança.

"Muitas pessoas ligadas ao mundo do crime estão usando esses rádios comunicadores, mas já entramos em contato com o setor de tecnologia da secretaria de segurança da Paraíba, e nos próximos dias, serão substituídos por novos equipamentos, o que vai impossibilitar da criminalidade monitorar o trabalho da polícia", disse o major.

Após as apreensões das armas de fogo e drogas, os acusados foram conduzidos até a Delegacia de Polícia de Sousa, onde ficaram a disposição do delegado.

DIÁRIO DO SERTÃO

Data: 
terça-feira, Dezembro 15, 2015 - 18:30
Compartilhe!

Comentários